fbpx

Viagens para países da América Latina:

Saiba quais países já estão com as fronteiras abertas e o que você precisa apresentar para entrar no país.

Há muitas dúvidas sobre a  abertura das fronteiras dos países da América Latina para  Brasil devido à pandemia do Coronavírus. Quase um ano e meio depois do fechamento das fronteiras, alguns países anunciam a abertura, outros já podem ser visitados, enquanto que há, ainda, países fechados à visitação de brasileiros.

Reunimos as informações atualizadas sobre qual é a situação nos países mais visitados e as exigências que os turistas terão que cumprir nos casos em que as fronteiras já estejam abertas. Confira:

Chile- fechado até o momento

Argentina

24 de setembro: fim do asilamento de argentinos, residentes ou estrangeiros que entrem no país a trabalho e tenham autorização da autoridade migratória

1º de outubro: Autorização para ingresso de estrangeiros dos países limítrofes, sem exigência de isolamento. Abertura de fronteiras terrestres, a pedido dos governadores das províncias, com corredores seguros aprovados pela autoridade sanitária, com quota definida pela capacidade de cada jurisdição.

Entre 1º de outubro e 1º de novembro: incrementos das quotas de ingresso, progressivamente, em todos os corredores seguros, aeroportos, portos e fronteiras terrestres

1º de novembro: autorizado o ingresso de todos estrangeiros.

Exigências para ingresso na Argentina

  • Esquema de vacinação completo, com data da última aplicação pelo menos 14 dias antes da chegada ao país;
  • Apresentação de teste de PCR negativo no embarque ou teste antígeno no ponto de ingresso, conforme definir a autoridade sanitária;
  • Teste de PCR entre 5 a 7 dias depois que a pessoa chegar ao país ou conforme seja definido pela autoridade sanitária;
  • Pessoas que não apresentarem esquema de vacinação completo, incluindo os menores de idade, deverão fazer quarentena, testar para antígeno ao entrar e fazer teste de PCR até o sétimo dia.

Colômbia- permite entrada somente por via aérea.O país não exige vacinação, teste negativo nem quarentena para a entrada de brasileiros. Os viajantes estão sujeitos a aferição de temperatura após o desembarque, e devem, antes do voo, preencher o formulário digital Check-Mig, com informações de saúde e itinerário.

Bolívia- Brasileiros podem chegar de avião, mas exige quarentena de dez dias. Os passageiros devem apresentar:

  • Teste RT-PCR negativo, feito até 72 horas antes do embarque
  • Seguro de viagem com cobertura para Covid-19. Uma “Declaracion Jurada del viajero para el seguimiento COVID-19” preenchida deve ser apresentada no momento da chegada.
  • Seguro para cobrir despesas com COVID-19.
  • Os passageiros estão sujeitos ao auto-isolamento por 10 dias.
  • Isso não se aplica a passageiros com 5 anos ou menos.

Paraguai- Fronteiras abertas para:

  • Passageiros menores de 12 anos
  • Passageiros com certificado de vacinação COVID-19 comprovando que foram totalmente vacinados pelo menos 14 dias antes da chegada

ou

  • Passageiros com resultado de teste COVID-19 positivo emitido pelo menos 14 dias e no máximo 90 dias antes da chegada. Os testes aceitos são: antígeno, LAMP, NAAT e RT-PCR.

Para quem não se enquadra nestes dois casos é possível a entrada mediante a apresentação de:

  • COVID-19 LAMP, NAAT ou RT-PCR negativo no máximo 72 horas antes do embarque

 ou

  • Um teste de antígeno COVID-19 negativo feito no máximo 24 horas antes do embarque.

Os passageiros devem preencher uma “Informação de saúde do viajante” no máximo 24 horas antes da partida em https://tinyurl.com/2er8ee42.  Isso irá gerar um código QR que deve ser apresentado na chegada.

Peru: Desde 6 de setembro, brasileiros já podem viajar a lazer para o Peru.

Os passageiros devem apresentar:

  • Um resultado negativo do teste COVID-19 RT-PCR emitido no máximo 72 horas antes da partida do primeiro ponto de embarque

 ou

  • Um certificado de vacinação COVID-19 comprovando que foram totalmente vacinados.

Além disso:

  • Os passageiros devem preencher uma “Declaração de Autorização de Saúde e Geolocalização” em http://e-notificacion.migraciones.gob.pe/dj-salud/dentro de 72 horas antes da partida.
  • Os passageiros podem ficar em quarentena por 14 dias.
  • Não se aplica a passageiros menores de 12 anos com atestado de boa saúde.

Uruguai: Abertura das fronteiras está prevista para 1º de novembro.

Os passageiros devem apresentar: 

  • Um certificado de vacinação COVID-19 comprovando que foram totalmente vacinados

ou

  • Um teste RT-PCR negativo para Covid-19 feito até 72 horas antes da viagem.

As autoridades sanitárias uruguaias aceitam todos os imunizantes aplicados no Brasil.

Compartilhe essa história

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Quer receber novidades sobre nossos roteiros turísticos?

Assine nossa newsletter e receba informações sobre promoções, novos roteiros, dicas de viagem e muito mais. Tudo relacionado à viagens de turismo. Prometemos não fazer spam. ;)

    Scroll to Top
    WhatsApp Spazzinitur

    Olá! Escolha abaixo com quem você deseja falar.